É seguro usar um doppler fetal em um bebê?

Uma das principais causas de ansiedade para as mães é não sentir o bebê chutar com a frequência normal.Há alguns anos, a única maneira de aliviar essa ansiedade era mandar verificar a frequência cardíaca fetal por um especialista.Mas, graças à tecnologia, as mães agora podem verificar a frequência cardíaca de seus bebês em casa e com a frequência que desejarem.Ouvir os batimentos cardíacos do seu filho ainda por nascer garante que tudo está bem e lhe dá paz.Existem vários tipos diferentes de monitores cardíacos fetais no mercado hoje, mas os dopplers fetais são seguros para o bebê?Este artigo cobrirá os prós e os contras dos dopplers para ajudá-lo a tomar uma decisão informada.

O que você precisa saber sobre monitoramento fetal durante a gravidez

Como funciona um doppler fetal?

Antes de tomar a decisão de comprar o melhor monitor de pressão arterial cardíaca fetal para uso doméstico, é importante primeiro entender como ele funciona.
Os dopplers fetais são dispositivos portáteis que as mulheres grávidas podem usar para ouvir os batimentos cardíacos de seus bebês no conforto de sua própria casa.
Esses dopplers portáteis funcionam com base no efeito Doppler desenvolvido por Christian Doppler em 1842. Eles enviam pulsos curtos de ondas ultrassônicas de alta frequência que passam pelo bebê até o útero. No útero, as ondas encontram os batimentos cardíacos do bebê, após o que são refletidas de volta para o Doppler, onde os batimentos cardíacos são convertidos em som. Este som é então amplificado pelo dispositivo e você começa a ouvir os batimentos cardíacos.
Cientificamente, uma vez que as ondas ultrassônicas são refletidas de volta para o dispositivo, o conceito do efeito Doppler é usado para calcular a mudança de frequência e comprimento de onda, convertendo o sinal em um batimento cardíaco. Para ouvir o batimento cardíaco, os monitores de frequência cardíaca fetal vêm com fones de ouvido que você conecta para ouvir o som.
Os dopplers de batimento cardíaco fetal foram aprovados para uso doméstico pelo FDA porque empregam tecnologia de ultra-som de baixa emissão. Isso significa que eles são seguros para o bebê. Por esse motivo, é importante adquirir um doppler fetal aprovado pela FDA para o início da gravidez.
No entanto, os médicos argumentam que as mulheres grávidas não devem usar um monitor de batimentos cardíacos pré-natal sem a aprovação do médico. Eles também não devem ser usados ??como um substituto para uma consulta médica.

Os dopplers fetais são seguros para uso diário?

De acordo com os profissionais de saúde, o doppler fetal não deve ser usado diariamente durante o início da gravidez. Isso se baseia no fato de que eles usam tecnologia semelhante ao ultra-som, que ainda não foi comprovada como segura ou perigosa. Portanto, por segurança, é importante minimizar o uso do Doppler fetal todos os dias.

Quando devo iniciar o monitoramento cardíaco fetal em casa?

As gravidezes são diferentes e os nossos corpos também. Algumas mulheres grávidas podem ouvir os batimentos cardíacos do bebê já na oitava semana, enquanto outras podem ter que esperar até 14 semanas. Portanto, os profissionais recomendam começar a usar um Doppler de frequência cardíaca fetal por volta das 12 semanas.